19/04/2011

takaramono

Meu sogro,quando plantava tomate e morava na lavoura sempre comprava livros para os filhos,tinha na sua casa grandes coleções, enciclopédias e livros variados
 como sou apaixonada por livros ficava admirando-os  mas havia uma pequena coleção
 que me ancantava,era capa dura com belíssimas letras douradas, eu quis compra...
ganhar de presente,herança mas...nada, ele apenas sorria...
Até que certo dia ele trouxe uma caixa com livros até minha casa, feliz eu já antevia os livros desejados,qual não foi a minha surpresa ao ver revistas velhas, carcomidas e em Japonês!!ao ver minha decepção (indisfarçável) ele riu e disse que tais revistas haviam pertencido a sua mãe e que gostaria muito que eu ficasse com elas,meio sem jeito eu aceitei..
muito tempo depois soube que eram revistas da Seicho-no-ie(minha religião e também de sua falecida mãe)
e no seu original em Japonês!!!
Senti-me honrada com isso e muito feliz,até hoje guardo–as como um tesouro(takaramono)
Agora só me resta aprender kanji!!

Arigatô Otosan 

Um comentário:

  1. Oi Nadiru san, preciosidade mesmo!

    òtima quarta pra vc, bjinhos!!!

    ResponderExcluir